publicado por AP às 23:57